O que são etiquetas RFID e por que elas são importantes?

Você, produtor rural, já ouviu falar a respeito das etiquetas RFID?

Elas são extremamente importantes para qualquer produtor que deseja fazer a correta identificação dos seus animais.

É possível saber, através dessas etiquetas, a história a respeito daquele animal, inclusive em termos de saúde e de genealogia.

Caso você use uma identificação visual, pode se perguntar: mas para que eu iria precisar dessas etiquetas RFID?

A primeira coisa a dizer é que a identificação visual pode trazer muitas limitações para você e sua equipe, ainda mais se os animais são muito similares em aparência, sendo difícil diferenciar eles.

Um exemplo é o de produtores que usam marcas de orelha em seus bovinos, o que é um risco para a identificação, pois essa marca pode ser perdida ou mesmo ficar tão suja que é impossível de vê-la.

Além disso, você precisará tirar e armazenar todas as informações do animal, identificado visualmente, em um só lugar, o que poderá trazer problemas.

Por tudo isso, usar as etiquetas RFID é importante.

Veja a seguir mais a respeito desse assunto!

 

 

O que são etiquetas RFID?

As etiquetas RFID, sigla para Identificação por Radiofrequência, tratam-se de dispositivos pequenos que possuem um chip em seu interior.

Esse chip ou ponto interno é responsável por emitir ondas de radiofrequência, que então podem ser lidas pelas antenas RFID, que nada mais são do que sensores de radiofrequência.

Elas são então formas de conseguir fazer o rastreamento dos seus animais, sejam eles bovinos, caprinos, suínos ou quaisquer outros animais que vivem em rebanho, obtendo assim uma identificação única para cada um deles.

A etiqueta RFID é bem pequena, de formato arredondado e é colocada na orelha do animal.

O chip presente na etiqueta permite que sejam incluídas diversas informações do animal, como o peso, exames de saúde realizados e ainda a gestação e a reprodução nas fêmeas.

É possível ter todo o histórico de cada animal rastreado de maneira rápida com essas etiquetas, além de ser possível também saber sobre o desempenho deles e quais são aqueles que necessitam ou não de mais intervenções.

A estrutura básica dessa etiqueta é, portanto, um leitor e uma antena, que enviam as ondas de radiofrequência e captam informações da etiqueta, além da etiqueta com microchip que armazena dados e responde ao sinal da antena.

As informações obtidas com a varredura do animal são carregadas de maneira fácil no software que você possui, ajudando assim na redução no momento de colocar os dados e economizando bastante tempo nesse processo.

 

 

Etiquetas FRID: Por que elas são importantes?

Agora que você viu o que são as etiquetas FRID para animais, é hora de compreender a importância que elas possuem.

A verdade é que existem enormes vantagens em fazer uso desses pequenos equipamentos dentro do seu negócio agrícola, não há dúvidas.

A primeira delas, e com certeza a mais importante de todas, é permitir que você possa fazer a identificação dos seus animais de maneira bastante fácil.

Em comparação com a identificação visual, citada no início do texto, as etiquetas permitem que se possa identificar os animais sem risco de confundi-los, já que cada um tem seu próprio número e chip.

Uma segunda vantagem é que não haverá limitações de marcas no momento da identificação, como de linha de visão, de tatuagens ou ainda de varredura do código de barras do animal.

Em todos os casos citados anteriormente, você tem a capacidade de fazer o escaneamento de apenas um animal a cada vez ou ainda é preciso identificar de forma visual para que seja possível identificá-los.

Por outro lado, usado as etiquetas RFID nada disso será necessário, além do que é possível identificar diversas dessas etiquetas de maneira remota, e ler todas elas de uma única vez, o que ajuda a economizar bastante tempo.

Mais uma vantagem enorme desse tipo de etiqueta é a questão da sua alta resistência e durabilidade, com uma vida útil altíssima.

Em geral, uma etiqueta RFID dura toda a vida de um animal, então não será preciso estar adquirindo várias delas para um mesmo boi ou ovelha do seu negócio rural, por exemplo.

O fato mais importante de todos é que o uso dessas etiquetas faz com que os dias de verificação em seu negócio agrícola sejam muito mais eficientes, mais rápidos e muito menos estressantes, para você e para os seus animais, é claro.

 

 

Dicas importantes sobre as etiquetas RFID

Além de saber as vantagens, há algumas dicas que são essenciais para você conhecer sobre as etiquetas RFID, o que vai facilitar muito a sua vida no momento da escolha do produto para os seus animais.

Um ponto importante a ser falado diz respeito à frequência da etiqueta, que varia de acordo com a empresa da qual você a adquiriu.

Sendo assim, é extremamente importante que você esteja verificando com cada fabricante a respeito das transmissões das etiquetas, entendendo a frequência máxima delas, e se há também um leitor que vai trabalhar conjuntamente.

Você deve também saber se será possível usar etiquetas distintas com leitores que sejam diferentes, caso os dois sejam totalmente compatíveis com o ISSO.

Tudo isso vai permitir que você possa comprar o equipamento certo para a realidade da sua produção rural, o que vai gerar melhores resultados para o seu negócio.

 

 

Conclusão

Como você pôde ver, as etiquetas RFID são muito importantes quando o assunto é a identificação de animais em um negócio agrícola, por isso mesmo é essencial que todo produtor rural conheça a respeito delas.

Neste texto, mostramos a você as dicas principais sobre essas etiquetas, deixando bem claro como elas são importantes para seu negócio e como facilitam muito a identificação e a verificação dos seus animais.

Portanto, você deve começar a buscar hoje mesmo por um bom fornecedor para garantir que os processos serão mais eficientes e menos custosos para o seu negócio agrícola.

Gostou do artigo de hoje sobre o que são etiquetas RFID e por que elas são importantes?

 

(Visited 1 times, 1 visits today)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.