A estação de monta bovina é um dos temas mais discutidos quando de trata de reprodução do rebanho.

Sendo assim, a estação de monta é a fase mais delicada de todo o sistema de produção do gado e da pecuária, sendo necessário avaliar vários aspectos e detalhes antes de realizar o processo em si.

Dessa forma, se você deseja saber mais sobre a estação de monta bovina, os principais erros e como solucioná-los, leia o artigo até o final.

 

Como funciona a estação de monta bovina

A estação de monta bovina é uma prática reprodutiva que expõe as fêmeas à fecundação, seja com o touro ou por meio da inseminação artificial (IA) em uma época determinada do ano.

Assim, o principal objetivo da estação de monta bovina é planejar todo o processo reprodutivo, tal como organizar o período e o tempo entre os partos e todas as demais fases de desenvolvimento do gado.

Dessa forma, o planejamento da estação de monta avalia as condições do gado, tal como o objetivo produtivo da fazenda para realizar o planejamento prévio e o manejo das fêmeas.

Entretanto, existem alguns fatores que influenciam diretamente no resultado da estação de monta, como por exemplo, as condições de saúde e nutrição do gado, níveis de fertilidade e gestão da própria fazenda.

 

Principais erros cometidos na estação de monta bovina e como melhorá-los

Nesse sentido, existem diversos aspectos que influenciam diretamente na qualidade e na eficiência da estação de monta. Saiba mais sobre eles a seguir.

 

Nutrição

O primeiro ponto a ser tratado na estação de monta bovina é a nutrição das fêmeas em ciclicidade e reprodução.

Sendo assim, não dar a devida importância à nutrição da fêmea é um dos maiores erros cometidos na estação de monta bovina.

Dessa forma, é importante compreender que uma má nutrição, com déficit de nutrientes pode influenciar diretamente na fertilidade da fêmea, que levará mais tempo para chegar à puberdade.

Tudo isso influencia diretamente no período entre os partos, afetando a estação de monta e tornando-a mais instável.

 

Saúde do gado

Outro ponto que merece destaque é a saúde bovina. É fundamental para o sucesso da estação de monta bovina que as vacas estejam com uma saúde impecável.

Sendo assim, é essencial investir no manejo reprodutivo das vacas, para que todo o processo de monta seja efetivo e traga resultados para a fazenda.

 

Fertilidade

Existem diversas maneiras de melhorar a estação de monta bovina, e a primeira delas é realizando o exame andrológico bovino. Este exame tem como objetivo avaliar as condições do rebanho e sua capacidade fértil.

De modo geral, o exame andrológico é composto por uma série de procedimentos que avaliam se o touro é fértil ou não, tal como a sua saúde reprodutiva.

 

Gestão

Por fim, a gestão está diretamente relacionada à organização da propriedade e do rebanho, tal como o planejamento da estação de monta bovina.

Assim, a gestão é importante porque considera todos os custos e investimentos necessários à estação de monta, tal como a contração de mão de obra experiente para planejar e conduzir todo o processo em si.

Além disso, a gestão também está envolvida com a definição dos objetivos de reprodução, tal como a definição da linhagem e do plano genético, para assim conduzir uma estação de monta bovina de maneira eficaz.

 

Conclusão

Antes de tudo, é importante considerar que a estação de monta é um dos períodos que merecem mais atenção e dedicação dentro da fazenda, pois conta com detalhes fundamentais do futuro produtivo do rebanho.

Sendo assim, é importante destacar que para uma estação de monta de sucesso, é necessário todo um planejamento e definição de objetivos da propriedade, para não criar um processo de forma aleatório e ter custos desnecessários.

Após a definição dos objetivos, é fundamental cuidar da saúde do rebanho, considerando a alimentação, nutrição e fertilidade dos animais, para poder planejar uma estação de forma mais eficaz.

(Visited 69 times, 1 visits today)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.